Arquivo da categoria: Acidente

Vítimas de acidente aéreo em Recife serão identificadas por testes de DNA

Publicada em 14/07/2011 às 07h43m

pe360grausLetícia Lins (leticia.lins@oglobo.com.br)Cleide Carvalho (cleide.carvalho@oglobo.com)Guilherme Voitch (guilherme.voitch@oglobo.com.br)João Sorima Neto (joao.sorima@sp.oglobo.com.br)

 

Foto do leitor Rodrigo Dantas

 

RECIFE, SÃO PAULO – As vítimas do acidente aéreo com o avião LET-410 nesta quarta-feira, em Recife, serão identificadas por testes de DNA. O gestor de Polícia Científica, Francisco Sarmento, explicou que já começaram as coletas de material genético, como amostras de saliva, sangue, cabelo dos parentes mais próximos dos 16 mortos na queda do avião da Noar. O avião caiu e pegou fogo. Os passageiros morreram carbonizados.

Os peritos também vão tentar reconhecer as vítimas através das arcadas dentárias, próteses e outros sinais informados por parentes. Quando a indentidade do corpo for confirmada, ele será liberado imediatamente.

O trabalho de identificação pode durar cerca de dez dias, segundo a Polícia Científica de Pernambuco.

- Em torno de 10 dias, acreditamos que a identificação pelo DNA já possa ser concluída. Estaremos em tempo integral trabalhando nesse sentido – afirma Francisco Sarmento.

Como Pernambuco não possui um laboratório especializado, os testes serão feitos em Salvador, na Bahia.

EU-REPÓRTER:Internauta gravou imagens do acidente

VÍDEO:pe360graus: Imagens mostram aeronave instantes antes da queda

LEIA TAMBÉM:Em nota, Anac diz que manutenção de aeronave estava em ordem

SAIBA MAIS:Caixa preta da aeronave já foi localizada

SAIBA MAIS:Avião opera em pistas curtas

MULTIMÍDIA:Veja imagens da tragédia

 

LEIA MAIS:Confira a lista com nomes das vítimas

 

CRONOLOGIA:Piloto percebeu problema 55 segundos após a decolagem, diz Aeronáutica.

 

EU-REPÓRTER:Está no local do acidente? Envie vídeo ou fotos

 

SAIBA TAMBÉM:Em nota, presidente Dilma Roussef lamenta acidente

RELEMBRE:Avião cai e mata pelo menos 16 em Recife

O diretor para assuntos corporativos da Noar, Giovanne Farias, informou que a aeronave que caiu nesta quarta-feira tinha menos de um ano de operação e estava com a manutenção em ordem. Segundo o diretor, o avião modelo LET-410, fabricado na República Tcheca, tinha passado por uma revisão no último fim de semana. Segundo ele, após a última revisão, o avião acidentado já tinha voado por 17 horas e 4 minutos sem apresentar problemas. De acordo com o presidente da Noar, Djalma Cintra Jr., a aeronave foi adquirida nova da fabricante tcheca.

- Sempre primamos pela segurança e por isso a Noar começou a operar com aeronaves novas – disse o presidente da empresa, que lamentou o acidente.

Giovanne Farias disse que a investigação sobre as causas da tragédia já começaram. Ele disse que ainda não há informações sobre as causas do acidente. O diretor da Noar garantiu que a empresa cumpre todas as recomendações de segurança aérea da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e da Aeronáutica. Em nota, a Anac informou que a manutenção do avião e a habilitação dos pilotos estavam em dia. Ainda segundo o diretor, a aeronave decolou com 5.559 quilos e o máximo permitido é de 6.600 quilos, portanto dentro do limite permitido.

- A aeronave estava em perfeitas condições, passou por revisão periódica e os tripulantes eram muito experientes. Não vamos poupar esforços para investigar as causas deste acidente – disse Farias, visivelmente emocionado durante entrevista coletiva.

Testemunhas que viram o acidente relataram que não viram fumaça ou fogo antes da queda.

- Não tinha fumaça, não tinha nada. Ele vinha de frente, virou e caiu – disse o instrutor de primeiros socorros Everaldo Sá.

Pedreiros que trabalham numa obra próxima ao acidente disseram que viram uma mulher fora do avião, após a queda, mas não conseguiram salvá-la por causa do fogo.

O copiloto Roberto Gonçalves, que morreu no acidente, havia dito ao irmão dele, o também piloto Jairo Gonçalves, que a aeronave apresentava perda de força na decolagem e havia atribuído o problema a um defeito do modelo LET-410. Ele disse que técnicos da fabricante tcheca já tinham vindo ao Brasil. De acordo com o diretor Giovanne Farias o avião voou na noite desta terça-feira e não houve relato do piloto de perda de potência na decolagem.

Segundo o diretor da Noar, o piloto era experiente e tinha mais de 15 mil horas de voo, sendo 1.000 horas no modelo LET-410. O copiloto tinha mais de 2.000 horas de voo, sendo 460 horas no avião acidentado. De acordo com o diretor, a Noar possui 6 pilotos e 5 copilotos, número suficiente para sua operação. A empresa opera com dois avião LET-410 e faz cerca de dez viagens diárias no Nordeste.

As caixas-pretas do avião já foram resgatadas e levadas por peritos que vão investigar o acidente. Os destroços do avião estão sob custódia da Aeronáutica.

- Nos solidarizamos com as famílias das vítimas e dos tripulantes, com quem dividimos essa perda irreparável. Daremos toda a assistência necessária e pedimos a Deus que conforte essas famílias. Estamos comprometidos e empenhados na busca de respostas para o acidente – disse o diretor da empresa.

A Noar Linhas Aéreas completou um ano de atuação em junho e opera voos diários entre Recife e Maceió e na rota Recife/Natal/Mossoró. Suas operações foram iniciadas com investimento de R$ 40 milhões, bancado pelos grupos Bonanza (varejista de Caruaru) e Vale do Ipojuca (do setor de comunicação, de educação e de hotelaria), além de Mario Moreira, da regional carioca Team. Em média, a companhia faz 280 voos semanais.

O objetivo da empresa é atender principalmente executivos em trânsito entre essas cidades. Em setembro passado, a empresa anunciou parceria com a Gol, na qual os passageiros podem comprar uma passagem no trecho Rio de Janeiro-Mossoró, voando em aviões da Gol e da Noar com apenas um check-in e despachando a bagagem até o destino final.

 

Alexandre Gondim/ Reuters

 

O LET-410 é uma aeronave de fabricação tcheca com capacidade para até 19 passageiros. O avião tem uma envergadura de 19,9 metros, com 14 metros de comprimento e uma altura de 5,8 metros. Em sua página na internet, a Noar informa que o avião pode voar mais baixo, em “voos praticamente panorâmicos”. O avião pode operar em pistas curtas.

Em 2006, um acidente com um avião do mesmo modelo, da companhia Team, deixou 19 pessoas mortas no Rio de Janeiro. O avião havia saído de Macaé com destino a capital carioca. Em fevereiro deste ano, um LET- 410 caiu perto da capital de Honduras, Tegucigalpa, matando os dois pilotos e 12 passageiros que estavam a bordo.

Cronologia do acidente

O Comando da Aeronáutica informou que o avião decolou às 6h51m e, 55 segundos depois, o piloto informou à Torre de Controle estar em situação de emergência e tentaria pousar na cabeceira 36, no sentido contrário ao da decolagem.

Dois minutos depois, às 6h53min57s, ele informou que não chegaria à pista e que tentaria pousar na praia de Boa Viagem. Às 6h54min18s o sinal da aeronave desapareceu da tela do radar. A queda ocorreu num terreno baldio entre Recife e Jaboatão dos Guararapes. Logo depois de tocar o solo, o avião explodiu. Todos os ocupantes morreram carbonizados.

Todos os voos da companhia aérea nesta quarta-feira foram cancelados, segundo informação de atendentes da própria empresa.

Em nota, a presidente Dilma Roussef lamentou o acidente. O governo de Pernambuco decretou luto de três dias.
14/07/2011 às 08h40m
Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/cidades/mat/2011/07/14/vitimas-de-acidente-aereo-em-recife-serao-identificadas-por-testes-de-dna-924905143.asp#ixzz1S4xCY7Ek
© 1996 – 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

Veja a lista de vítimas da queda de avião em Recife

Plantão | Publicada em 13/07/2011 às 14h24m

O Globo (opais@oglobo.com.br)

 

RECIFE – A Noar Linhas Aéreas divulgou a lista das vítimas do acidente com o voo 4898, ocorrido em Recife nesta quarta-feira, que matou 16 pessoas. O avião prefixo PR-NOB decolou do aeroporto de Recife e faria a rota Recife-Mossoró (RN), com escala em Natal (RN).

1) Rivaldo Paurílio Cardoso – Piloto

2) Roberto Gonçalves – Copiloto

3) Natan Braga

4) Marcos Ely Soares de Araújo – Diretor de Engenharia da Moura Dubex

5) Carla Sueli Barbosa Moreira – Delegada da Receita Federal em Mossoró, Rio Grande do Norte

6) Bruno Albuquerque

7) André Luis Pimenta Freitas – Empresário

8) Camila Suficiel Marino

9) Ivanildo Martins dos Santos Filho – Gerente de grupo educacional

10) Antônia Fernanda Jales

11) Débora Santos

12) Marcelo Campelo

13) Maria da Conceição de Oliveira

14) Johnson do Nascimento Pontes

15) Breno Faria

16) Raul Farias

 

LEIA TAMBÉM:Avião cai em Recife e mata 16 pessoas

 

SAIBA MAIS:Aeronave apresentava problemas na decolagem, diz irmão do piloto

 

13/07/2011 às 15h09m
Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/cidades/mat/2011/07/13/veja-lista-de-vitimas-da-queda-de-aviao-em-recife-924890081.asp#ixzz1S0gYvPqz
© 1996 – 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

Motorista de Porsche paga fiança de R$ 300 mil

12/07/2011 – 19h19

DE SÃO PAULO

O engenheiro Marcelo Malvio de Lima, 36, pagou nesta terça-feira a fiança de R$ 300 mil fixada ontem pela Justiça por sua liberdade provisória. Lima dirigia um Porsche que se envolveu em um acidente com uma Tucson, na madrugada do último sábado, e matou a advogada Carolina Menezes Cintra Santos, 28. O acidente aconteceu na zona oeste de São Paulo.

TJ-SP fixa em R$ 300 mil a fiança para motorista do Porsche
Corpo de advogada morta em acidente com Porsche é cremado na BA

A polícia já havia pedido a transferência do engenheiro do hospital São Luiz (zona oeste), onde ele está internado, para um hospital penitenciário, caso ele não pagasse o valor estipulado pela Justiça.

O delegado-titular do 15º DP (Itaim Bibi), Paul Henry Verduraz, informou que um policial já foi enviado ao hospital São Luiz para levar o alvará de soltura ao engenheiro. Com o documento assinado, Lima deve ser libertado ainda hoje. Como ele está internado, isso significa que não haverá mais escolta policial para ele no hospital.

Contatado, o São Luiz não informou o estado de saúde do engenheiro.

Vídeo

A decisão sobre a fiança foi da juíza Ana Carolina Della Latta Camargo Belmudes. Ela ainda determinou que Lima está proibido de frequentar bares e casas noturnas e de deixar a cidade sem avisar a Justiça. Ele também está obrigado a permanecer dentro de casa no período noturno e não poderá sair do país.

Lima foi indiciado por homicídio doloso –quando há intenção de matar–, segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública).

No momento do acidente, segundo um policial, Lima tinha sinais de embriaguez e demonstrava muita preocupação com o estado do carro. Em nenhum momento teria perguntado sobre a existência de outros envolvidos.

O delegado plantonista do 15º DP (Itaim Bibi) considerou que o motorista do Porsche assumiu o risco de provocar uma morte por sua conduta perigosa e o indiciou por homicídio doloso, segundo a SSP.

Reprodução/TV Globo
Porsche se chocou com um Hyundai Tucson no Itaim Bibi
Porsche se chocou com um Hyundai Tucson no Itaim Bibi

ACIDENTE

Por volta das 2h30 de sábado, a advogada Carolina Menezes Cintra Santos teve o seu Tucson atingido pelo Porsche conduzido por Lima, no cruzamento das ruas Tabapuã e e Bandeira Paulista, no Itaim Bibi (zona oeste de SP).

Segundo uma testemunha que trafegava logo atrás do carro de Carolina, ela atravessou o cruzamento com o sinal fechado, avançando lentamente, quando o seu carro foi atingido pelo Porsche e arremessado a mais de 25 metros de distância. A polícia afirma que depoimentos dizem que o Porsche estava a mais de 150 km/h no momento da batida. A advogada morreu na hora.

Seu corpo foi cremado no cemitério Jardim de Saudade, em Salvador, nesta segunda-feira (11). Antes da cremação, a família da advogada já havia realizado uma cerimônia religiosa, no último domingo, no mesmo cemitério. Os familiares ainda não informaram o destino das cinzas.

13/07/2011 às 08h48m

De:http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/942647-motorista-de-porsche-paga-fianca-de-r-300-mil.shtml

Avião de pequeno porte cai e pega fogo na beira-mar de Piedade

GRANDE RECIFE // ACIDENTE

Publicado em 13.07.2011, às 07h25

Do NE10ATUALIZADO ÀS 8H22

http://www2.uol.com.br/JC/queda-aviao-470.jpg
Avião explodiu assim que caiu no terreno baldio
(Foto: Paulo Sérgio Soares/Especial para o NE10)

Um avião de pequeno porte da empresa No Ar caiu por volta das 7h desta quarta-feira (13) e pegou fogo em um terreno na Avenida Beira-Mar, no limite entre Jaboatão dos Guararapes e Recife, na Zona Sul da capital pernambucana. Dezesseis pessoas estavam na aeronave e nenhuma foi resgatada com vida.

A aeronave é um bimotor LET-410, fabricado pela empresa tcheca Let Aircraft, e saiu do Aeroporto do Recife às 6h51 com destino à cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, com previsão de escala na capital potiguar, Natal.

Segundo informações de testemunhas que passavam pelo local, o avião estava muito baixo, já tombando, quando caiu do céu, de bico, diretamente no terreno baldio onde esporadicamente são instalados circos, e explodiu na mesma hora. A aeronave está totalmente destruída e as vítimas morreram carbonizadas.

LEIA MAIS

» Queda de avião engarrafa avenida beira-mar
» Pernambuco contabiliza cinco acidentes com pequenos aviões nos últimos quatro anos

De acordo com informaçoes do GloboNews, o piloto do bimotor chegou a passar informações de que estava tendo problemas para a torre de controle do aeroporto, mas o problema não foi solucionado a tempo.

Há informações extraoficiais diretas do local, sem confirmação, de que parte dos passageiros fazia parte de um grupo de comerciantes de Caruaru. Representantes da Infraero estão fazendo uma perícia, mas até o momento nenhum veículo do Instituto de Medicina Legal (IML) chegou para retirar os corpos do terreno.

A assessoria de imprensa da empresa No Ar irá se pronunciar, às 9h30, com dados oficiais sobre as vítimas e os possíveis motivos do acidente.

O Corpo de Bombeiros está no local com duas viaturas fazendo o resgate das vítimas.  O motivo da queda ainda está sendo investigado.

 

13/07/2011 às 08h46m

De:http://ne10.uol.com.br/canal/cotidiano/grande-recife/noticia/2011/07/13/aviao-de-pequeno-porte-cai-e-pega-fogo-na-beiramar-de-piedade-283190.php

Carro ‘voa’ após colidir com táxi na Zona Sul do Rio

11.07.11 às 16h51 > Atualizado em 11.07.11 às 18h26

 

 

Rio – Um acidente assustou quem passava pela Rua Aníbal de Mendonça, em Ipanema, Zona Sul do Rio. Um carro e um táxi colidiram, e o primeiro veículo acabou capotando e indo parar em cima da calçada, na altura da Rua Nascimento Silva. O veículo ainda caiu em cima de uma estrutura que impede o estacionamento nas calçadas, que acabou furando o teto do Carro.

Guarnições da Companhia de Engenharia de Trágego do Rio de Janeiro (CET-RIO) e da Guarda Municipal (GM), já se dirigiram ao local. Não há informações de feridos.

Foto: @Cadu_gero / Divulgação
Imagem postada no Twitter mostra como ficaram os veículos após acidente : Foto: @Cadu_gero
Foto: @marcossecuryty
Outro usuário do Twitter, de dentro do seu carro, publicou imagem do acidente | Foto: @marcossecuryty

 

11/07/2011 às 19h09m

De:http://odia.terra.com.br/portal/o_dia_24_horas/html/2011/7/carro_voa_apos_colidir_com_taxi_na_zona_sul_do_rio_176958.html

 

Acidente deixa dois mortos e um ferido na Barra da Tijuca, na Zona Oeste

 

09/07/2011 às 09:51
Atualizado em 09/07/2011 às 10:00
Acidente na Barra deixa dois mortos Foto: Marcos Tristão / O Globo

______________________

 

Duilo Victor (duilo.victor@oglobo.com.br) e Taís Mendes (tais@oglobo.com.br)
_____________________

RIO – Duas pessoas morreram e uma ficou ferida num acidente na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, no final da madrugada deste sábado. Um Fiat Linea preto capotou e se chocou contra um poste na Avenida Ayrton Senna, na saída da Linha Amarela, após a curva da Gabinal. Duas faixas, uma em cada sentido, estão interditadas para os trabalhos da perícia.

O motorista Willian Alves Ciro de Castro, de 18 anos, e o carona Vladimir Morowisk de Souza morreram na hora. Segundo policiais militares do local, a habilitação do motorista era temporária. O acidente ocorreu por volta das 5h50m, e os corpos ainda estão no veículo aguardando a perícia.

Matheus Martins Claro, de 21 anos, que estava no banco de trás do veículo, saiu consciente do carro e foi levado para o Hospital Lourenço Jorge.

Segundo relato de testemunhas, o carro perdeu o controle numa tentativa de ultrapassagem, invadiu o canteiro central e bateu num poste na altura do condomínio Gardênia Azul.

O trânsito no local é lento nos dois sentidos. O caso será registrado na 32ª DP (Taquara).

 

09/07/2011 às 10h46m

De:http://extra.globo.com/noticias/rio/acidente-deixa-dois-mortos-um-ferido-na-barra-da-tijuca-na-zona-oeste-2206515.html

Pescadores encontrados no Sul sobreviveram bebendo urina

28/06 às 18h08 – Atualizada em 28/06 às 18h28

Eles ficaram mais de 20 dias a deriva

 

Caio de Menezes

 

O grupo de seis pescadores desaparecidos há mais de 20 dias desembarcou às 15h15 desta terça-feira na sede da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro, na Praça XV, Centro do Rio. Assaz debilitados, três deles chegaram em macas, os outros amparados por homens da Marinha e do Corpo de Bombeiros, para serem recebidos por familiares emocionados. Ambulâncias do Corpo de Bombeiros aguardavam os pescadores, que foram levados para os hospitais Souza Aguiar, no Centro, Miguel Couto, no Leblon, na Zona Sul, e para Salgado Filho, no Méier, na Zona Norte do Rio.

Um navio mercante resgatou os pescadores na noite de segunda-feira (27). O barco deles saiu de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, e foi encontrado a cerca de 180 km da Costa de Itajaí, em Santa Catarina.

Maicom Lima Santos, de 24 anos, o mais novo entre os sobreviventes, contou que logo no início da deriva na costa brasileira a tripulação já não tinha maissuprimentos para se manter. E, por conta disso, se viram obrigados a beber a própria urina.

“O xixi que nos salvou”, disse ele exausto.

Os pescadores foram trazidos até a Baía de Guanabara pelo navio-tanque Marola, de bandeira italiana. Foi a embarcação que os resgatou, e os entregou às autoridades portuárias fluminense, quando ia para Trinidad e Tobago. Desde a manhã de ontem, familiares esperavam ansiosamente o desembarque de seus entes desaparecidos. Maria das Graças, de 53 anos, mãe de Maicom, afirmou que, no que depender seu filho nunca mais voltará a pescar.

“Eu não quero mais passar por isso, espero que nenhuma mãe passe pelo que eu passei. Eu orei muito pela vida dele, é um milagre ele ter sobrevivido, mas sofri bastante”.

Zenildo de Oliveira Pacheco, de 31 anos, responsável pelo pesqueiro, desembarcou em uma maca, totalmente fragilizado, e desnorteado. Visivelmente debilitado, ele disse não ter força para nada. Sua esposa, Gleice da Silva Pacheco, mostrou preocupação com o estado de saúde de seu marido.

“Ele está muito fraco, não pode falar. Estou preocupado, ele precisa de tempo para se recuperar.”

 

29/06/2011 às 07h31m

De:http://www.jb.com.br/rio/noticias/2011/06/28/pescadores-encontrados-no-sul-sobreviveram-bebendo-urina/

Tempo real: confira as condições de trânsito na cidade na manhã desta segunda-feira

O Globo

RIO – Uma colisão entre sete carros e um ônibus complica o trânsito no Aterro do Flamengo, na altura do Morro da Viúva, na manhã desta segunda-feira. Um dos carros capotou após a batida. Três faixas chegaram a ser interditadas no sentido Centro, mas agora só duas estão bloqueadas. Com a lentidão, que já chega à Praia de Botafogo, um grande número de veículos está utilizando o retorno na contramão para fugir do congestionamento. Serragem está sendo despejada na pista, onde muito óleo foi derramado. Guinchos já trabalham na retirada dos veículos.

EU-REPÓRTERRegistrou o acidente? Mande fotos e vídeos!

Na Avenida Brasil, o trânsito é intenso no sentido Centro, na altura do Caju, e nas saídas da Rodovia Presidente Dutra, da Washington Luiz e da Linha Amarela. Na Linha Vermelha, o trânsito flui normalmente.

A chegada à ponte é complicada para quem vem da Niterói-Manilha, onde o movimento da volta do feriadão se mistura ao trânsito normal. No Viaduto do Gasômetro, o tráfego é intenso.

No Centro, o fluxo é grande na Avenida Presidente Vargas, na altura do Sambódromo, onde a queda de um andaime chegou a fechar toda a pista lateral no sentido Candelária. O tráfego já foi liberado. A Avenida Rodrigues Alves também apresenta tráfego intenso na altura do acesso ao Santo Cristo.

Os motoristas também encontram trânsito intenso ao se dirigir ao Centro pela Radial Oeste. A opção para o motorista é seguir pela Visconde de Niterói.

A situação é a mesma na Avenida Ministro Ivan Lins, no sentido São Conrado, e na Rua Humaitá, em direção à Lagoa. Em Madureira, o tráfego é lento na Rua Domingos Lopes e na Avenida Intendente Magalhães, nas proximidades de uma obra da Transcarioca.
27/06/2011 às 07h57m
Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/transito/mat/2011/06/27/tempo-real-confira-as-condicoes-de-transito-na-cidade-na-manha-desta-segunda-feira-924770310.asp#ixzz1QTNQUnSV
© 1996 – 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

Acidentes marcam fim do feriado

Colisões dentro e fora da cidade ontem deixaram pelo menos cinco feridos. Motoqueiro morreu após imprudência

Rio – O saldo dos acidentes de trânsito no Rio marcou um feriado de Corpus Christi violento nas ruas e estradas. Só ontem, uma pessoa morreu e cinco ficaram feridas em colisões.

Em Todos os Santos, na Zona Norte, motoqueiro morreu ao se chocar contra um Gol, na Avenida Amaro Cavalcanti. Rafael Rodrigues, 25 anos, estava sem capacete quando tentou ultrapassar o carro, que iria entrar na Rua Curupaiti. Na manobra, a motocicleta foi derrubada, Rafael caiu e bateu com a cabeça no chão. O jovem chegou a ser socorrido por bombeiros do batalhão de Vila Isabel, mas chegou morto ao Hospital Salgado Filho, no Méier.

Em outro acidente, na Avenida 24 de Maio, Riachuelo, Siena prata bateu contra árvore e poste, mobilizando bombeiros também do quartel de Vila Isabel. Quatro pessoas ficaram feridas. Mariana Matos da Silva, 19 anos, e Moniza Alexandra Ferreira, 21, foram levadas para o Hospital Souza Aguiar. Os dois outros ocupantes do veículo foram encaminhados ao Hospital Salgado Filho, que não informou nomes ou estado de saúde das vítimas.

Em Itaperuna, Noroeste do estado, um senhor de 62 anos sofreu traumatismo craniano após capotar com seu carro. Ele perdeu a direção em curva logo após o trevo de Raposo, na BR-356. Em Barra Mansa, houve engavetamento de cinco veículos na Via Dutra, sentido Rio. Ninguém se feriu.

‘Dura’ nas estradas e praias cariocas

A Operação Lei Seca multou 995 motoristas entre quarta-feira e a madrugada de ontem, segundo o último balanço do domingo. Nos quatro dias da operação de feriado, 4.401 motoristas foram abordados no estado — 191 carros acabaram rebocados e 507 carteiras de habilitação, recolhidas. Segundo a operação, 12% dos motoristas abordados por policiais recusaram o teste de bafômetro.

Nas praias da capital, a Operação Choque de Ordem multou 510 veículos. Outros 227 foram rebocados, entre a orla do Leme e o Recreio dos Bandeirantes. Ambulantes também foram fiscalizados. Do Flamengo ao Leblon, foram apreendidos com vendedores sem autorização 15 quilos de camarão, 12 de queijo coalho e um cutelo.

No início da noite de ontem, motoristas enfrentavam 10 quilômetros de engarrafamento na Via Lagos, sentido Rio, entre os Kms 288 e 298. Na Via Dutra, congestionamento chegava a 9 quilômetros, na altura de Queimados.

.

 

27/06/2011 às 07h49m

De:http://odia.terra.com.br/portal/o_dia_24_horas/html/2011/6/acidentes_marcam_fim_do_feriado_173714.html

 

 

Morte de francês em bondinho na Lapa aconteceu dias antes do início de obras de restauração nos arcos

Publicada em 24/06/2011 às 23h20m

Gustavo Goulart (gus@oglobo.com.br) e Natanael Damasceno (natand@oglobo.com.br)

 

O vão entre o alambrado e a mureta no alto dos Arcos da Lapa, por onde caiu o turista francês (Foto Mônica Imbuzeiro / Agência O Globo)

 

RIO – A má conservação do gradil que cerca os trilhos dos bondinhos de Santa Teresa sobre os Arcos da Lapa pode ter sido decisiva para a morte do turista francês Charles Damien Pierson, de 25 anos, que na sexta-feira à tarde se desequilibrou e caiu do veículo , despencando de uma altura de aproximadamente 15 metros, em frente à Fundição Progresso. O acidente aconteceu por volta de 14h20m quando, segundo testemunhas, Pierson escorregou ao tentar tirar fotos de uma amiga. O francês, que viajava em pé no estribo, acabou passando por um vão entre a mureta dos arcos e a tela de proteção, que está bastante danificada pela ferrugem. Agonizando, ele ainda teve sua câmera fotográfica e a carteira com dinheiro roubadas por menores. O acidente aconteceu dias antes do início de obras de restauração da parte superior dos arcos.

VÍDEODelegado, morador de rua e turista falam sobre o acidente na Lapa

Pierson e a turista alemã Birgit Oppmann, de 31 anos, embarcaram no bonde 7 na estação Carioca, para o passeio por Santa Teresa. Eles haviam se conhecido na quinta-feira no Cabanacopa Hostel, um albergue em Copacabana onde estavam hospedados, e marcaram o passeio pelo bairro para a tarde de sexta-feira. Birgit, que está no Rio há 16 dias, estava sentada, enquanto o francês viajava em pé, fazendo o mesmo que muitos passageiros do bonde.

Polícia vai investigar homicídio culposo

O delegado adjunto Leonardo Salgado, da 5ª DP (Gomes Freire), disse que o caso está sendo tratado como acidente, mas informou que vai investigar a má conservação do gradil e, se confirmado o mau estado, poderá indiciar os responsáveis, por homicídio culposo. À noite, policiais estavam no albergue em Copacabana, aguardando a chegada de amigos do turista.

- Eles ainda não sabem o que aconteceu. Vamos trazê-los aqui para prestar esclarecimentos – disse o delegado.

A Secretaria estadual de Transportes, responsável pela operação dos bondinhos de Santa Teresa, afirmou na noite de sexta-feira, em nota oficial, que o veículo deixou a estação Carioca com 40 pessoas embarcadas, máximo permitido, e sem passageiros no estribo. Disse ainda que, por medida de segurança, os bondes reduzem sua velocidade para apenas cinco quilômetros por hora ao percorrer os Arcos da Lapa.

Quanto ao gradil, a secretaria argumenta que a peça tem o objetivo de evitar a queda de objetos, não tendo sido pensada para segurar um passageiro. O órgão cita ainda a impossibilitada de fazer qualquer alteração na estrutura, porque os Arcos da Lapa são de responsabilidade do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

A turista alemã Birgit Oppmann, que acompanhava a vítima no passeio, chora ao comparecer à 5 DP (Gomes Freire) para prestar depoimento (Foto: Paulo Nicolella / Agência O Globo)

Apesar disso, tanto o secretário municipal de Conservação, Carlos Roberto Osório, como o superintendente do Iphan no Rio, Carlos Fernando Andrade, afirmaram que os operadores dos bondinhos é que têm a responsabilidade de garantir a segurança dos seus passageiros. De acordo com Andrade, a ferrugem já estaria danificando as obras da primeira fase do projeto de restauração dos arcos, inaugurada no fim de março.

- Já havíamos detectado esse problema (a oxidação do alambrado), pois ele estava danificando a estrutura recém-restaurada do monumento. Tanto que, embora não fosse um problema de nossa responsabilidade, propomos a troca do gradil danificado na segunda fase do projeto – afirmou o superintendente do Iphan.

Já havíamos detectado esse problema (a oxidação do alambrado), pois ele estava danificando a estrutura recém-restaurada do monumento. Tanto que, embora não fosse um problema de nossa responsabilidade, propomos a troca do gradil danificado na segunda fase do projeto

O projeto citado por Andrade, a cargo do Iphan e da prefeitura, com financiamento do banco Santander, foi licenciado na última terça-feira e deve começar nos próximos dias. Além de restaurar os trilhos e a parte superior dos arcos, vai substituir o alambrado que acompanha todo o trajeto dos bondes sobre o monumento e está enferrujado em alguns trechos. Mas, a despeito do péssimo estado de conservação dos trilhos e do gradil, as obras só poderão acontecer entre 23h e 4h, para não interromper a operação dos bondinhos. Segundo Andrade, isso fará com que as obras demorem ainda mais.

O músico Gabriel Ares, de 36 anos, carioca que foi passear no bondinho pela primeira vez, disse que estava em pé no estribo ao lado de Pierson quando ele caiu.

- Eu estava em pé observando a paisagem quando, de repente, a acompanhante dele gritou alguma coisa em inglês. Acho que foi: “ele caiu, ele caiu”. Olhei e vi o corpo dele lá embaixo. O bonde ficou parado uns 15 minutos. Vimos a Polícia Militar chegar. Depois, o bonde seguiu em frente, com crianças e mulheres gritando apavoradas – contou.

Ares fez parte de um grupo de passageiros do bonde que foi à 5ª DP prestar depoimento como testemunhas. Segundo o delegado Leonardo Salgado, eles contaram que havia duas filas na estação Carioca: uma para os passageiros que viajariam sentados e outra para os que iriam em pé.

- Vou ouvir o pessoal da estação para saber dessas duas filas. Agora, temos que saber se é permitido viajar em pé no meio, se é permitido viajar em pé na lateral. A representante dos bondes disse que já foi permitido viajar em pé, mas que não é mais. Vamos pegar a legislação, as regras de circulação dos bondes e estudá-las – contou o delegado.

A representante dos bondes disse que já foi permitido viajar em pé, mas que não é mais. Vamos pegar a legislação, as regras de circulação dos bondes e estudá-las

A circulação dos bondes foi interrompida após a queda do turista, a pedido de peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE). Na estação Carioca, que foi fechada após o acidente, a turista Fernanda Lima disse que encontrou num site na internet informações sobre a viagem no bondinho.

- Lá, orientam a gente a viajar com emoção, em pé, com o corpo fora do bondinho – disse ela, que foi passear com parentes que vieram de Itajubá, no Sul de Minas Gerais, passar o feriadão no Rio.

Também à noite, representantes do Consulado da França estiveram na delegacia, onde receberam alguns pertences encontrados com a vítima. À tarde, representantes do consulado da Alemanha estiveram na delegacia, para dar apoio a Birgit Oppmann. Funcionários do albergue Cabanacopa se negaram a dar informações sobre a alemã e o francês.

Morador de rua presenciou saque

Na Lapa, o morador de rua Mauro Silva, de 40 anos, contou que viu o turista agonizando e que menores apareceram rapidamente após a queda.

- Eu vi os pivetes roubando o moço caído. Roubaram a máquina fotográfica e o dinheiro dele. Pedi às pessoas que se afastassem, que não mexessem nele. O socorro chegou uns 30 minutos depois da queda, quando ele já estava morto – disse Mauro Silva, que é de Guarulhos, em São Paulo.

Peritos do ICCE estiveram no local da queda e tiraram várias fotografias da tela de proteção. Eles deverão emitir um laudo técnico sobre os motivos da queda do turista, informando como ele passou pelo alambrado.

O corpo do francês permaneceu no chão junto aos Arcos da Lapa até o fim da tarde, atraindo a atenção de muitos curiosos. Ao saberem do que havia acontecido, pedestres se mostravam surpresos e com pena do turista.
25/06/2011 às 06h48m
Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/mat/2011/06/24/morte-de-frances-em-bondinho-na-lapa-aconteceu-dias-antes-do-inicio-de-obras-de-restauracao-nos-arcos-924766093.asp#ixzz1QHOzgj2k
© 1996 – 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.